Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

18/05/2017 16:34
  • Amana divulga canais de denúncia contra o abuso e a exploração sexual de crianças de adolescentes
Divulgação

As crianças do projeto Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana), que é coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e operado por agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN), reforçam durante toda esta quinta-feira (18), as ações de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Os alunos do Amana efetivaram as medidas de conscientização social em dois pontos, sendo no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte e no bairro de Cidade Nova, que faz limite com a Zona de Proteção Ambiental 01.

A movimentação iniciou cedo com uma blitz educativa realizada na frente do Centro de Educação Infantil Marize Paiva, em Cidade Nova. As crianças levaram para a rua cartazes alertando a sociedade sobre a necessidade de denunciar às autoridades competentes qualquer ato de abuso e de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Foi divulgando o disque 100, que é o canal de denúncia e os motoristas parados durante a blitz receberam informações e folders informativos esclarecendo como agir diante de delitos dessa natureza.

As atividades estão sendo reforçadas no período da tarde, dessa vez o alvo são os frequentadores do Parque da Cidade do Natal. Os alunos do Amana se dividiram em equipes e atuaram logo na entrada do Parque abordando as pessoas que entravam a pé, enquanto outra equipe agia no estacionamento conversando com os visitantes que chegavam em veículos. Nas abordagens eram passadas informações sobre o tema e principalmente era fortalecida a necessidade de denunciar os crimes de abuso e exploração.

De acordo com o guarda municipal e coordenador do Amana, Marconi Lucas, o ato de esclarecimento a sociedade vem alcançando dezenas de pessoas durante todo o dia. “Conseguimos informar muitas pessoas, pois o assunto é sério e muito recorrente, com casos gravíssimos, inclusive no próprio núcleo familiar e tem que ser combatido”, comentou.

Outro ponto alertado pelo coordenado do Amana foi relacionado aos canais de denúncia que funcionam regularmente todos os dias da semana. “Qualquer caso suspeito deve ser denunciado pelo disque 100, que funciona diariamente das 8h às 22h, inclusive feriados”, concluiu.


 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css