Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

17/06/2017 08:10
  • Prefeitura do Natal inicia campanha contra o uso de cerol em pipa
Joana Lima

A Prefeitura do Natal iniciou uma campanha educativa contra o uso de cerol em pipa com o lema “Cerol na pipa mata, é a vida por um fio”. A campanha acontecerá nas escolas, meios de comunicação, igrejas e associações de bairros com a distribuição de material educativo e ações presenciais de orientação.

O objetivo da campanha é conscientizar a população para a não utilização de “cerol” (mistura de caco de vidro e cola) aplicado em linhas de pipas para precaver acidentes. “A campanha tem o caráter de educar, principalmente as crianças e adolescentes que costumam empinar pipas para não usarem material cortante que pode causar lesões graves e até a morte”, afirma o secretário de Comunicação da Prefeitura do Natal, jornalista Heverton de Freitas.

Todo material impresso que será distribuído na rede municipal de educação e nas entidades e associações de bairro alerta para o risco que o uso de material significa para as outras pessoas, mas também que o uso do cerol é crime e, portanto, quem utiliza esse tipo de material pode sofrer as conseqüências previstas na legislação.

As linhas com cerol são usadas para “cortar” outras pipas, mas são perigosas porque o material cortante pode ferir quem está passando na rua e causam muitos acidentes, principalmente entre motociclistas. De acordo com o motociclista Carlos Ednaldo, o uso de cerol em pipa causa preocupação a quem passa a maior parte do dia sobre uma motocicleta. “Ficamos com medo de perder a vida por uma brincadeira”.

O presidente do Moto Grupo Guardiões da Amizade, Charles Sávio, recebeu a notícia do início da campanha educativa com satisfação. “A campanha é muito bem vista pelos motociclistas do nosso grupo. É desse tipo de iniciativa que precisamos para conscientizar a população e evitar acidentes fatais”, comemorou o presidente.

Recentemente em Natal, um motociclista de 47 anos morreu ao ter a garganta cortada por uma linha de pipa com cerol quando trafegava pela avenida Tocantínea, na Zona Norte, e atravessou o local por volta das oito horas da noite quando foi surpreendido pela linha. O motociclista foi levado a UPA de Pajuçara, mas não resistiu ao ferimento e morreu deixando três filhos.

“Acidentes com vítimas fatais acontecem com frequência Brasil à fora por causa da utilização do cerol, levando sofrimento para muitas famílias. Essa campanha visa proteger a vida das pessoas que se transportam de moto pela cidade”, explicou o propositor da lei, Júlio Protásio.



Vídeo


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css