Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

05/12/2017 14:31
  • Amostras contaminadas são encontradas em águas no entorno de postos de combustíveis

O projeto de análise das águas de poços situadas no entorno de postos de combustíveis de Natal, desenvolvido em parceria pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Universidade Potiguar (UnP), teve seu relatório parcial divulgado nesta terça-feira (5). Das 20 amostras coletadas para análise, foram encontradas cinco com presença de Xileno, substância química usada em solventes.

O chefe da Vigilância em Saúde Ambiental e do Trabalhador da SMS (Visamt), Marcílio Xavier, explicou que apesar da concentração de Xileno nas amostras estar dentro dos valores permitidos, a substância não deveria ser encontrada na água. Precursora de outros produtos químicos, ela é extremamente tóxica e nociva à saúde humana. Ele afirmou que a SMS se reunirá com a coordenação do Grupo Interinstitucional de Áreas Contaminadas (Giacon) na próxima segunda-feira (11) para discutir o assunto.

“Das 20 amostras analisadas para Benzeno, Tolueno, Etilbenzeno e Xileno (BTEX), encontramos cinco com a presença deste último, sendo três no bairro do Alecrim e dois na Ribeira. Diante disso, já procuramos órgãos como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), que coordena o Giacon (do qual a SMS faz parte) e a Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico (Arsban), para ampliar a investigação e avaliar o grau dessa contaminação”.

Marcílio explicou ainda que a contaminação de águas subterrâneas por combustível derivado de petróleo tem sido objeto de crescente pesquisa no Brasil. Para ele, a parceria entre a SMS e a UnP vem rendendo bons frutos na avaliação da qualidade da água dos poços próximos aos postos de combustíveis do município, em especial sobre a contaminação por hidrocarbonetos.

“Os compostos BTEX, presentes nesses combustíveis, são extremamente tóxicos à saúde humana e podem inviabilizar a exploração de aquíferos por eles contaminados. Esses compostos são poderosos depressores do sistema nervoso central, apresentando toxicidade crônicas, mesmo em pequenas concentrações”.

Ele ressaltou que a participação da UnP e seu apoio técnico são extremamente positivas e que o objetivo do projeto de extensão é analisar se as águas subterrâneas estão contaminadas ou não por líquidos derivados dos combustíveis armazenados nos depósitos enterrados nas áreas. Para isso, estão sendo escolhidos dois poços para cada posto de combustível que tenha passado por processo de remediação, por meio do projeto “Selo Verde”.
 


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css