Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

10/01/2018 12:07
  • Projeto de acolhimento da Unidade de Novo Horizonte apresenta resultados positivos
Divulgação

O projeto “Acesso Avançado” desenvolvido e implementado por estagiários do curso de Medicina da UFRN em parceria com os profissionais de saúde da Unidade de Estratégia Saúde da Família de Novo Horizonte, localizada no Distrito Sanitário Oeste, completou, recentemente, um ano de operação na referida unidade de saúde, que contempla os usuários dos bairros de Bom Pastor e Quintas.
 

Idealizado por dois alunos de medicina da UFRN, da disciplina de “Saúde Coletiva”, a partir de uma intervenção de sete semanas na Unidade de Novo Horizonte, o projeto surgiu como uma alternativa para aprimorar o cuidado referenciado em experiências já utilizadas em alguns municípios do Brasil. A adequação da proposta ao contexto social e do serviço assumiu a face de “Acesso adequado” e tem mostrado resultados promissores na qualificação da atenção.
 

O objetivo do projeto, desde a sua concepção, é o de melhorar o acesso e qualificar o cuidado por meio da escuta qualificada, proporcionando maior autonomia aos profissionais, institucionalização, aproximação com a necessidade de atendimento das demandas diárias dos usuários e extinção das filas desde a madrugada com aumento da resolutividade.

Segundo Maria Penha de Medeiros, diretora da unidade, além da redução das filas e a ampliação da escuta qualificada, o “Acesso Adequado” já consegue atender, diariamente, uma demanda espontânea de 50% de usuários, não ultrapassando a meta de oito dias para proceder com o atendimento integral da demanda médica, facilitado pelo advento do Prontuário Eletrônico Cidadão (PEC).
 

“Para 2018, além da continuação da escuta qualificada, temos o objetivo de aprimorar o atendimento diferenciado do nosso ‘Grupo Terapêutico em Saúde Mental’, visando a redução do uso de medicamentos controlados por parte dos usuários que, durante 12 semanas, serão acompanhados por nossa equipe de saúde todas as terças-feiras.
 

Também daremos ênfase ao grupo ‘Troca de Saberes’, que funcionará todas as terças e quintas-feiras e contará com a participação de usuários que receberam alta do grupo terapêutico em saúde mental e usuários em geral, tendo caráter intersetorial em consonância com o equipamento social, contemplando também a questão da saúde do trabalhador”, observou Maria Penha de Medeiros.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css