Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

13/04/2018 15:28
  • Representantes de Natal participam do I Seminário Internacional sobre espaço público na cidade do México
Cedida

Levando na bagagem o trabalho: “Natal: De paraíso turístico à capital brasileira da violência”, Natal participa na Cidade do México, do 1º seminário Internacional sobre “Espaço Público: Desenho, Violência e Ilusões Urbanas”, que acontece de 11 a 13 de abril. O evento que é promovido pela Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) reúne os mais importantes estudiosos da área. Além do Brasil, países como Argentina, Costa Rica, Colômbia, Equador, Espanha, Estados Unidos da América, México, Peru e República Francesa enviaram seus pesquisadores.


O trabalho de Natal é o resultado da parceria entre a secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) por meio do Departamento de Arquitetura. Ele será apresentado pela secretária Adjunta de Planejamento da Semurb, Maria Florésia Pessoa e o coordenador do curso de Arquitetura da UFRN, Paulo Lisboa, na mesa desta sexta-feira (13), que tratará o tema “Espaço Público e Violência”. Também compõem a mesa representantes do Rio de Janeiro (BR), Bogotá (EC), Cidade do México e Guadalajara (MX).


O trabalho traz a tona o que acontece hoje nos espaços públicos da capital potiguar e sua relação com a violência. Segundo Floresia é levado a discussão o surgimento de leis, como a da vereadora Nina, que cria regras para fechar ruas para combater a violência, como o uso desses espaços de forma privada, como foi feito durante o carnaval para dar mais segurança. A grande discussão é o que fazer para que a população se aproprie desses espaços e se tornem seguros.
Segundo Florésia Pessoa os debates trarão a tona os resultados dos estudos realizados pelos estudiosos de cada país. Questionamentos como, de que maneira ocorre o uso dos espaços públicos pela sociedade, e qual a relação deles com a violência urbana.

 

Na quinta-feira (12), Floresia ainda participou como mediadora da mesa  “Política e Espaço Público”, no qual, o Brasil, Colômbia Espanha e México apresentaram suas pesquisas sobre a temática. Ao todo quatro Estados brasileiros enviaram representantes, Natal, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo.


Durante o evento foram discutidos, A política e o espaço publico, “ justiça espacial” direito a cidade, critério de planejamento justo e exemplos de reprogramação de espaço publico, Uso e ocupação do espaço público rodoviário como mecanismo de controle e poder, a praia do sol em Madri e o 15-M e a escuridão neoliberal e a irradiação global da auto-organização social e política, O espaço público: uma oportunidade para a resiliência das cidades.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css