Plano Cicloviário de Natal começa a ser debatido em Fórum de Ciclismo


Plano Cicloviário de Natal começa a ser debatido em Fórum de Ciclismo

Debater o futuro Plano Cicloviário com as entidades que representam os ciclistas na cidade foi o objetivo principal do 1º Fórum de Ciclismo de Natal, realizado na manhã desta quarta-feira (26), no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Gestão Estratégica (Segelm). O Fórum é uma iniciativa da Prefeitura do Natal. A meta é realizar outros cinco encontros semelhantes até o fim do ano.

 “É um momento importante para a Prefeitura e a cidade de Natal. Não dá mais para a gestão pública ignorar um segmento vivo como o ciclismo. Hoje o ciclismo é uma realidade em nossa cidade. Esse Fórum surgiu de uma convocação nossa”, ressaltou o prefeito Carlos Eduardo, que participou da parte final do Fórum.


O chefe do Executivo municipal observou que o ciclismo cresceu e quer seu espaço. Ele revelou que a Prefeitura pretende fazer uma campanha educativa com a finalidade de orientar o proprietário de automóvel a respeitar o ciclista. “Isto aqui é um ato de cidadania que precisamos valorizar”, disse o gestor. 


No entendimento do secretário municipal da Juventude, Esporte, Lazer e Copa do Mundo FIFA 2014, Luiz Eduardo Pereira, o Fórum é a “pedalada inicial” para a discussão da implantação do Plano Cicloviário de Natal, que ele quer ver implantado até o fim do ano. “Queremos um plano viável e exequível e, por isso, vamos focar nas obras de mobilidade”, adiantou o secretário.


Durante o Fórum, o secretário-adjunto de Trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Walter Pedro da Silva, apresentou o Plano Cicloviário inserido no Plano de Mobilidade de Natal. A proposta contempla todas as zonas urbanas de Natal. O traçado da malha cicloviária compreende quatro eixos, incluindo bicicletários. “Natal tem hoje 21,8 quilômetros de vias para a prática do ciclismo, sendo 9,4 quilômetros de ciclofaixas e 11,2 quilômetros de ciclovias. A proposta pretende interligar o Parque das Dunas ao Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte”, informou o representante da
Semob.


A expectativa do diretor geral da Associação dos Ciclistas do RN (Acirn), Clebson Melo, é de que o Fórum possa gerar uma linha de projeto que aponte alternativas seguras para os ciclistas, ajustando as vias que existem e construindo bicicletários. “Queremos tornar Natal uma cidade saudável e sustentável no trânsito”, declarou.


O secretário municipal de Serviços Urbanos, Raniere Barbosa, lembrou a existência de uma lei municipal que regulamenta o transporte cicloviário. Ele acrescentou que a lei prevê a criação do Conselho Municipal do Sistema Cicloviário de Natal. O Conselho dará sustentabilidade ao Plano Cicloviário.


Participaram, ainda, do 1º Fórum de Ciclismo os secretários Marcelo Toscano (Meio Ambiente e Urbanismo), Elequicina dos Santos (Mobilidade Urbana), Heverton Freitas (Comunicação Social), José Dionísio Gomes da Silva (Administração e Gestão Estratégica), Sávio Hackradt (Gabinete Civil), a presidente da Federação Norte-riograndense de Ciclismo, Sônia Cardoso, e o presidente da OnG Baobá, Haroldo Mota, além de representantes das entidades Bicicletada, Rapadura Bike, Bike Tirol e Bike Petrópolis. 

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389