Professores de Educação Física participaram de práticas corporais de aventuras


Professores de Educação Física participaram de práticas corporais de aventuras
Foto: SME

Com o objetivo de promover experiências de práticas corporais em contato com a natureza para os professores de Educação Física da Rede Municipal de Ensino de Natal, as assessoras pedagógicas responsáveis pela Formação Continuada de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a empresa Pé na Estrada – trilhas ecológicas, organizaram uma aula de campo com 25 docentes da disciplina, de 18 escolas da Rede. O passeio aconteceu no início da semana.
 
Durante a aula de campo, os professores do município de Natal conheceram a Área de Proteção Ambiental de Genipabu (APAJ) e realizaram uma trilha local no município de Extremoz/RN. Também vivenciaram práticas de lazer e aventura na natureza: Skibunda e Sandboard nas dunas de Genipabu, e prática de caiaque no estuário do Rio Potengi, na Redinha.
 
Para a coordenadora da Formação de Educação Física, Cybele Câmara da Silva, a atividade permitiu que os professores vivenciassem práticas corporais em ambiente aberto e com a perspectiva de vislumbrar possibilidades pedagógicas para a vivência dos alunos em um momento futuro. “O espaço, onde realizamos a trilha e a prática de Skibunda e Sandboard estão abertos para receber nosso público”, disse.  
 
“Como unidade temática, recentemente incluída na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as proximidades com as práticas corporais de aventura permitem aos professores refletirem possibilidades pedagógicas no chão da escola”, afirmou a assessora pedagógica da SME, Cybele Câmara.
 
 O professor da Escola Municipal Professor Berilo Wanderley, Allan de Medeiros Pinheiro, que atua na Rede há 17 anos, ressaltou que o planejamento e as parcerias são essenciais para que a proposta seja vivenciada em plenitude ou adaptada no chão da escola, caso não exista a possibilidade de optar pela aula de campo em lugares que contemplem o contato com a natureza. “Para potencializarmos as vivências e contemplarmos a riqueza dessas experiências, entendo ser importante planejar e analisar a possibilidade de proporcionar aos alunos essa riqueza de partilha do saber”, frisou.  
 
“A equipe é muito competente, dedicada, organizada e faz tudo com um planejamento prévio. Em tudo o que faz coloca o tempero do amor. A vivência foi extraordinária. Além de proporcionar aos professores experiências indescritíveis, motiva a cada um a pensar e se organizar para replicar essa prática, com as devidas adaptações necessárias, no chão de suas escolas. Parabéns a equipe da formação pelo bem e crescimento que faz aos professores da Rede Municipal de Natal”, finalizou o professor Allan Pinheiro.
 
A professora Gilda Galvão Brito, da Escola Municipal Santos Reis, e que também integra a Rede Municipal de Ensino há 17 anos, contou que a proposta pode ser colocada em prática na escola de forma expositiva, teórica e mostrando as práticas corporais de aventura (PCA) vivenciais pelos professores, através dos registros feitos e conhecimentos adquiridos na APAJ. “De forma prática podemos realizar uma aula passeio, proporcionando aos alunos a possibilidade da mesma vivência e aventura. As assessoras da formação estão de parabéns, a atividade foi um sucesso. A equipe sempre inovando e à frente do setor ao qual está inserida”, elogiou a professora Gilda Galvão.

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389