Semurb promove operação ao combate de água servida em Felipe Camarão


Semurb promove operação ao combate de água servida em Felipe Camarão
Foto: Divulgação/Semurb

A fiscalização ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) deu início a uma operação de combate ao lançamento de água servida, no bairro de Felipe Camarão, zona Oeste da capital. O intuito é acabar com os problemas causados no local, como o desgaste na malha viária, que esta sendo afetada pelo descarte irregular desses resíduos pela população.

Além de atrapalhar o trânsito com o desgaste das vias, outros transtornos estão sendo causados a toda comunidade como mau cheiro e proliferação de vetores de arboviroses. A ação iniciada na manhã da última terça-feira (7) e que continua pelos próximos dias, foi acionada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), responsável pelas obras de asfalto e pavimentação.

A Seinfra busca viabilizar um reparo definitivo em danos ao pavimento das Avenidas José Vicente e Nossa Senhora do Rosário, que tem enfrentado problemas recorrentes com buracos no asfalto, inclusive, ameaçando a circulação do transporte público no local.

Durante a operação a equipe de fiscais notificou 20 imóveis realizando o descarte irregular de efluentes em vias públicas. “A situação em Felipe Camarão é urgente, mas mesmo assim demos o prazo de dez dias para tamponamento voluntário. Caso contrário, a fiscalização ambiental irá realizar o procedimento ” explica a supervisora de fiscalização de Água e Solo (SPASO), Rejane Alves.

A água servida é toda aquela proveniente do chamado esgoto doméstico ou comercial. Isto é, que resulta do uso de pias, banheiros, máquinas de lavar roupas, pias de cozinha, lavagem de veículos, ar-condicionado, entre outras. E seu lançamento na rua pode ocasionar diversos problemas de saúde e de deterioração das vias públicas.

Em termos da lei municipal nº 4.100/1992, emitir ou despejar efluentes ou resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, causadores de degradação ambiental, em desacordo com o estabelecido na legislação e normas complementares caracterizam infração ambiental.

A fiscalização ambiental alerta a população sobre a ilegalidade de despejar água e esgoto na via pública, ressaltando a importância de evitar novos problemas. A equipe continuará a emitir notificações ao longo da semana para garantir que todos os imóveis sejam corrigidos, cessando os vazamentos e permitindo a conclusão das obras de reparo pela Seinfra.

Para denúncias de poluição sonora ou outras infrações ambientais, os cidadãos podem entrar em contato com a Ouvidoria da Semurb pelo e-mail ouvidoria.semurb@natal.rn.gov.br ou, nos fins de semana e feriados, através do número 190 do Ciosp.

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389