Dicas de Segurança infantil


Dicas de Segurança infantil

Quem tem criança em casa sabe que a atenção deve ser redobrada. Não importa a idade, as crianças são sempre curiosas e muito ativas; isso faz com que a casa se transforme em um mundo de descobertas, mas também em palco de muitos acidentes.

Crianças adoram escalar e encontram nos móveis da casa os lugares ideais para estas brincadeiras. Contudo, subir nos móveis traz sérios riscos à segurança das crianças. Todos os anos, centenas de crianças são hospitalizadas por conta de móveis que tombaram sobre elas quando tentavam escalá-los. As crianças menores de cinco anos são mais suscetíveis a esse risco.

Grande parte dos acidentes com crianças podem ser evitados com cuidados simples, fazendo pequenas mudanças no ambiente doméstico, como na aquisição de móveis seguros, no cuidado com a montagem e no próprio posicionamento do móvel, garantindo maior estabilidade.

Nunca deixe as crianças sem supervisão. Muitas vezes seus brinquedos podem representar um verdadeiro risco. Por isso exija sempre o selo de conformidade do Inmetro em qualquer brinquedo na hora de adquiri-lo e veja se a faixa etária do produto corresponde à idade da criança. Lembre-se de que pequenas peças podem ser engolidas e o atendimento a emergências deve ser rápido. Evitar os acidentes é bem mais fácil e barato que socorrê-los. Por isso, aqui vão algumas dicas:

Os móveis que suportam um televisor não devem ter rodas ou deve-se mantê-las sempre travadas. Além disso, jamais coloque um televisor sobre um móvel com gaveta, ainda que possua tranca, pois o puxador pode servir como alavanca para a criança balançar o móvel e derrubar o televisor. Lembre-se também de não instalar a tevê em móveis pequenos ou instáveis. Televisores com telas finas inclinam-se facilmente podendo cair por sobre a criança. Por isso, o móvel deve ser maior que o aparelho, deixando espaço à frente, atrás e nas laterais. Verifique o peso do televisor e assegure-se de que é compatível com o móvel que lhe servirá de base;

Ensine a criança a guardar seus brinquedos depois de usá-los. Brinquedos espalhados causam acidentes como quedas e cortes, por exemplo. Não deixe partes pequenas de objetos sirvam como brinquedo para as crianças e descarte as embalagens do brinquedo logo após sua abertura;

Não coloque brinquedos e bonecos de pelúcia para enfeitar o berço, pois a criança pode se asfixiar com eles. O mesmo conselho vale para almofadas, use apenas o travesseiro com que a criança dorme e retire qualquer outro do berço. Tenha cuidado com móbiles e adereços pendurados no berço, pois a criança pode se pendurar e eventualmente causar asfixia. Evite que as correntes ou cordões de cortinas e persianas estejam ao alcance das crianças ou próximas de sua cama ou berço.

Fonte: Portal do consumidor

Anterior:
Próximo:

Logo da Prefeitura de Natal
R. Ulisses Caldas, 81 - Cidade Alta, Natal - RN, 59025-090 - Ouvidoria Geral (84)3232-6389