Com o tema “Conhecendo a Geodiversidade e Biodiversidade do Parque das Dunas: caminhos da Trilha Peroba”, professores de Geografia e História da Rede Municipal de Ensino, participaram na última sexta-feira (30/08), de uma aula de campo com o objetivo de apresentar um pouco aos docentes os elementos naturais e biológicos de Natal. A trilha tem uma extensão de 2.400 metros (ida e volta) indo até o mirante com vista para a Via Costeira.

 

 

De acordo com a assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, professora Ana Beatriz Câmara Maciel, a atividade foi elaborada em virtude da aula teórica que os docentes tiveram com o professor Marcos Nascimento sobre geodiversidade dentro do processo de formação continuada da Rede Municipal de Ensino. “Fomos colocar os conhecimentos adquiridos na prática em campo, juntamente com a professora Zuleide Maria Carvalho Lima, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que trouxe alguns aspectos abióticos e elementos naturais, que são justamente a geodiversidade da cidade, para que nossos professores possam divulgar e trabalhar com seus alunos esclarecendo cada ponto, e proporcionando também para eles aulas de campo nesse formato”.

 

 

“A aula de campo foi extremamente importante do ponto de vista pedagógico, porque os conhecimentos discutidos durante a trilha, contribuíram e irão contribuir para a questão da aprendizagem do aluno. Você pode utilizar em sala de aula usando estratégia didática metodológica, os tipos de solos, tipos de vegetação, a questão da preservação da Mata Atlântica, a importância do Parque das Dunas dentro do contexto urbano de Natal”, destacou o professor de Geografia da Escola Municipal Monsenhor José Alves Landim, João Pedro da Silva Neto.

 

 

Para a professora de História da Escola Municipal Professor Luiz Maranhão Filho, Maria Helena Oliveira de Lima Carneiro, a aula de campo foi extremamente rica de aprendizado. “Tivemos a oportunidade de experienciar e também de ver de que forma se pode trabalhar em sala de aula questões importantes discutidas ao longo dessa trilha. Trabalhar na prática questões sobre o meio ambiente com os alunos é muito amis proveitoso. Aprenderem ao ar livre, saber da importância da preservação do Parque das Dunas e conhecer nossa biodiversidade”.